Ideologia à brasileira

Deixe um comentário
Compartilhar

Eleição também chancela clãs de esquerda

O PT e partidos de esquerda usualmente aliados a ele não conseguiram escapar de uma tradição brasileira e começam a também protagonizar a eleição de parentes de políticos. Um mapa do Diap, ainda preliminar, mostra as teias familiares dos congressistas eleitos e reeleitos nas e1eições de 3 de outubro.

No total são 80 deputados com vínculos familiares entre si ou com  “outros nomes que já figuraram na elite política nacional”. No Senado, o Diap encontrou pelo menos 13 “laços familiares confirmados entre os políticos”. O PMDB, com 18 deputados, é o partido com o maior número de presenças na lista. O DEM vem a seguir, com 12 deputados. Considerando-se PT (4), PSB (5), PDT (4) e PCdoB (1), os deputados à esquerda com laços familiares com outros políticos devem somar 14 na próxima legislatura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *