Alberta Hunter

Deixe um comentário
Compartilhar

Alberta Hunter nasceu em Memphis, Tennessee no dia primeiro de abril de 1895 e veio a falecer em New York no dia 17 de outubro de 1984, aos 89 anos. Fugiu de casa aos doze anos e foi para Chicago empreendendo a carreira de cantora e atriz de variedades, em duos como o “Huga Hoskins”, o “Panama” e o “Dreamland”.

Por volta de 1920, mudou para New York onde, desde 1921 gravou para a quase totalidade das gravadoras da cidade, sendo acompanhada por excelentes músicos, como Louis Armstrong, Sidney Bechet, as bandas de FIetcher Henderson e Fats Waller. Nos anos vinte começou também sua atividade teatral, atuando na revista “How Come”.

Em 1934 foi para Londres, atuar no musical “Show Boat” que realizou junto ao barítono Paul Robenson. Ainda em Londres gravou para a Grammofone, com a orquestra de Jack Jackson. De volta definitivamente a Nova York em 1937, iniciou uma longa carreira no rádio.

Em 1952 voltou à Inglaterra como cantora na orquestra de Snub Mosley. Depois de algumas atividades teatrais na revista da Broadway “Mrs. Patterson”, decidiu deixar a música para se tornar enfermeira e cuidar de sua mãe enferma.

Retornou em grande estilo em 1977 aos 81 anos, cumprindo um longo contrato no “Cookery” em Greenwich Village, New York, emplacando um grande sucesso “Amtrak Blues” e em novembro de 80 recebia o prêmio “Handy” de melhor cantora viva de blues. Quando veio a falecer já era reverenciada como uma das maiores lendas do jazz e do blues.


Fonte: Clube do Jazz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *