PEDRAS

[ 13 ] Comments
Compartilhar

MIRANDA SÁ (E-mail: [email protected])

                             “Sombra, chegou a tua vez./ Deverás prestar contas/ de tua vida entre os homens” (Bertolt Brecht – “O processo de Lucullus”)

Faz muito tempo em que li, não me lembro em que livro, ou revista, que o grande Darwin era rigoroso quando tratava de números; chegou até a escrever com exatidão, que encontrara 53,767 minhocas num “acre” de terra, equivalente a 4046.86 m²…

Não foi muito diferente de mim, que contei 46 seixos sobre o túmulo de um cemitério judeu. Como se sabe, é um antigo costume judaico pôr uma pedrinha sobre a sepultura de um parente ou amigo falecidos.

Essa tradição evoca uma maneira de reverenciar o morto, espécie de convite para que ele “se manifeste e repouse” enquanto durar a visita. O número de pedras mostra que o jazigo é sempre visitado.

Um poeta judeu escreveu que “Embora as pedras não ouçam nem consigam ver/ Todas suplicam tristemente para não as esquecer”; e uma piada contada entre eles diz que isto ocorre por serem tão avarentos, adotaram as pedrinhas para economizar o dinheiro gasto com flores…

Josef Breuer, médico e fisiologista austríaco, considerado o pai da psicanálise, comentou certa vez que visitando cemitérios deixava seixos nos túmulos em que não via nenhuma delas.

Pedras também são usadas como punição em sentenças de morte: A Lei de Moisés na Bíblia Hebraica, assim como a Bíblia Cristã, prevê a morte por apedrejamento em dezoito situações, entre elas blasfêmia, bruxaria, homossexualidade, rebeldia dos filhos contra os pais e vários tipos de relações sexuais, com virgem comprometida, enteada, mãe e madrasta.

As pedradas como castigo perduram até os dias de hoje; oficialmente em países mulçumanos> Além de servirem como agressão, a gíria brasileira registra o uso da pedra em diversas situações, como “uma pedra do sapato” falando de incômodo, ou referindo-se a uma coisa boa, “pedra noventa”.

Fala-se também de “pedra lascada”, aludindo a coisa por demais antiga e superada, como conhecemos no Brasil a rotina da corrupção entre os políticos, desde a colônia, mas transparecendo incrivelmente agora após ser institucionalizada nos governos da pelegagem lulopetista…

Com as pedras no xadrez da politicagem que assola em nosso País, joga-se o jogo da fraude, revoltando os patriotas. No momento, assistimos na corrida dos presidenciáveis na campanha pré-eleitoral, velhos atores se apresentando como “o novo”.

… E, muito pior do que a mascarada que estão armando para iludir, mais uma vez, o eleitorado, persiste a cegueira política de colocar Lula da Silva, réu condenado por corrupção, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, entre os peões desta enganação demagógica.

Os fanáticos cultuadores da personalidade do chefão da Orcrim – que orienta seus seguidores a defenderem a indefensável ditadura Maduro, da Venezuela –, organizam o confronto com a Justiça e os responsáveis pela segurança pública em Porto Alegre, no julgamento que o levará à perda dos direitos políticos e possivelmente à prisão.

O noticiário da mídia comprometida e dos jornalistas comprados, exalta essa mobilização do PT para levar seus grupos de assalto alcunhados de “movimentos sociais”, para acompanhar o julgamento da apelação da defesa do Corrupto, condenado pela Justiça Federal do Paraná.

O chamamento petista contém palavras-de-ordem para a reação contra o Tribunal de 2ª Instância; e o “exército de Stédile” – o MST terrorista – se manifesta forçando a barra para acampar defronte do órgão, mesmo após a proibição.

A insanidade de uma ideologia corrompida não vê o que a grande maioria do povo brasileiro quer: a punição exemplar para os agentes da corrupção. E Lula é uma pedra no caminho para a afirmação do Estado de Direito vigente.

 

13 respostas para PEDRAS

  1. shamijacobus disse:

    Quando sevai a um debate já com intenção de agressão diz-se: veio com as pedras na mãos.
    kkkk

  2. Irene Mattos Felix disse:

    Miranda, a primeira vez em que li a respeito de se colocar uma pedra a cada visita a um túmulo, foi no livro do Harold Hobbins, Uma prece para DannyFischer e fala sobre um assunto pertinente aos nossas salvadores da pátria, como eles mudam quando chegam ao poder Depois foi no filme A Lista de
    Schindler , sobre Oskar Schindler, que ajudou a salvar judeus do Holocausto
    Eu sempre coloco amor-perfeito quando visito o túmulo dos meus afetos (pai, mãe, irmãos , avós…) Não preciso levar pedras para marcar a minha visita, pois os carrego sempre dentro do meu coração Como serei cremada , quero esparrar as minhas cinzas nos locais onde fui feliz e onde não visitei ainda, Paris Ninguém irá me visitar, foi escolha minha Quero ser lembrada no coração Abraços my lord !

  3. Livingstone Maynardes disse:

    Exatamente. “Veio com as pedras na mão”.
    Esta expressão era muito usada na minha família, onde entre a infinidade de irmãos volta e meia saía algum “arranca rabo”. Com o passar dos anos isto tornou-se motivo de muita risada entre nós.

  4. MaRy de Paula disse:

    Lula pode ser uma “pedra no caminho”, mas pedras também podem ser moídas. Que seja feita justica!

  5. “VISITA INTERIOREM TERRAE RECTIFICANDOQUE INVENIES OCCULTUM LAPIDEM”:Visita el interior de la tierra y si haces la rectificación te surgirá la piedra oculta: O apóstolo Paulo escreveu na sua 1ª Carta aos Coríntios 15:45: O embrião do projeto Imagem e Semelhança de Deus gerou um Adão “Imperfectus” carente de uma profunda correção capaz de transformar a sua essência humana em essência DIVINA expresso em Isaías 07:14 e 15 como “Necessidade de ingestão de “nata e mel” com o propósito de sempre rejeita o Mal que se apresenta sedutor e sempre preferir o Bem escondido atrás de uma aparência de Mal

  6. Ricardo disse:

    A cidade da família do Ciro Gomes ( Sobral-Ce ) é conhecida a cidade em que as pessoas brigava com pedras acho que por isso ele Ciro é tão agressivo…

  7. Ricardo disse:

    A cidade da família do Ciro Gomes ( Sobral-Ce ) é conhecida a cidade em que as pessoas brigavam com pedras acho que por isso ele Ciro é tão agressivo…

  8. vileite disse:

    Até mesmo a pedra por maior que seja não está livre de ser destruída e virar pó . Minha esperança é que as pedras ruins ( Lula e seus asseclas ) sejam , brevemente , transformados em poeira e transportados por uma grande ventania para bem longe do Brasil , sem chance de retorno !

  9. Manuel Carlos Lopes disse:

    No tabuleiro de xadrez da Justiça,Lula está prestes a tombar, passará para a história como uma pedra no caminho do país e dos brasileiros.
    Excelente artigo, aliás como sempre. Abraço!

  10. Raul Seixas já cantava a letra de Paulo Coelho “como as pedras imóveis na praia eu fico ao seu lado, sem saber, dos amores que a vida me trouxe e eu não pude viver”.
    Mas voltando ao cerne do assunto do seu texto, temo pelo Brasil dentro do velho adágio “água mole em pedra dura, tanto bate até que dura”..
    Lula de novo não!

  11. Até que ” fura “, corretor.

  12. Margot Cardoso disse:

    Como diz a canção:
    “Toda pedra no caminho
    Você pode retirar”
    E essa pedra será pulverizada, tenho esperança!
    E é sempre um prazer ler seus artigos. Excelente.

  13. MarileneMG disse:

    Interessante que hoje uma jovem adolescente, comentou que falar contra a ideologia de gênero é disseminar ódio.
    Pobre garota!
    Ganhou a sua pedrinha.
    Quão desinformada é!
    Pararam de falar GÓPI e outros chavões. Amizade restabelecida.