A ANTA

[ 19 ] Comments
Compartilhar

MIRANDA SÁ (E-mail: [email protected])

Um deputado idiota propôs a criação do “Dia do Saci” e outro, tanto ou mais, apresentou o projeto para comemorar a data com caráter xenófobo, querendo confrontá-la com a festa do Halloween importada dos EUA.

Dá para imaginar a origem deste besteirol: A proposta foi de Aldo Rebelo (PCdoB) e o projeto elaborado por Chico Alencar (PSOL) e Ângela Guadagnin (PT), uma trinca extraterrestre que acredita enfrentar dessa maneira o “imperialismo”. Desconhecem que o Halloween tem uma origem muitas vezes secular, de origem celta.

A mania dessas efemérides também ocorre nas ONGs World Land Trust e Rainforest Trust, que criaram o Dia da Anta, comemorado no próximo dia 31 de outubro. Com a defesa das baleias desgastada, os “ambientalistas” gringos prometem preservar as antas ameaçadas de extinção.

Yes, nós temos anta!  O mamífero brasileiro da família Tapiridae, Tapirus terrestris. O engraçado é que os tupis chamavam-na de “tapir”, derivado do original tapi’ira, e assim entrou na classificação zoológica. Entretanto,  adotamos o termo “anta” que vem do árabe “lamta”. E assim o “imperialismo lingüístico” se firmou…

O corpo da anta brasileira tem o formato parecido com os porcos, o que nos leva à “Revolução dos Bichos”, de George Orwell, de onde parece que derivou o apelido de “Anta” conferido à presidente Dilma.

Alcunhas são tradicionalmente atribuídas a presidentes brasileiros. Lembro que Getúlio Vargas era chamado de “Gêgê”; Eurico Dutra, “Caneco”; Juscelino Kubistchek, “Pé de Valsa”; Itamar Franco, Topetão”; e, José Sarney, “Madre Superiora”… Dos militares, desconheço, por que ficaram restritos à caserna.

No caso de Dilma, parece que veio do seu modo de andar desajeitado, mesmo agora que emagreceu; dizem, porém que nasceu do alheamento igual ao do animal homônimo, conforme registram os caçadores.

Os gozadores intelectualizados das redes sociais garantem que é mesmo uma alusão aos porcos humanizados de Orwell que traíram a revolução, como fez o Partido dos Trabalhadores cujo programa original se degenerou ao chegar ao poder.

Prefiro a primeira versão, o tédio de Dilma pela coisa pública. É notável a sua alienação nos problemas políticos e econômicos, uma indiferença por tudo que lhe cerca como as tenebrosas transações urdidas na Casa Civil, ao lado de seu gabinete.

Para reforçar a distração dos tapires, atribuem a Dilma presunção de inocência nos escândalos criminosos da Petrobras, quando, presidente do Conselho, assinou a compra da Refinaria de Pasadena e, como ministra, fazendo nomeações nada ortodoxas.

Sinceramente, nesta selva em que o Brasil se transformou na Era Lulo-Petista, vemos muitas cobras e lagartos; e não é difícil descobrir também camaleões mudando de cor conforme as circunstâncias…

Vivendo infelizmente no matagal da pelegagem, ouvi o comentário de um vizinho referindo-se aos bons tempos do Rio, sem violência, sem sujeira nas ruas, com assistência de saúde e escolas públicas de qualidade. Ele disse que tinha saudade dos “tempos do onça”, expressão que há muito tempo não ouvia… Lembrei-me até de um frevo (acho que do Capiba) que cantava “Soltaram a Onça, corre todo mundo”…

Na verdade, o “Tempo do Onça” é mais antigo, do início do século 18. “Onça” era o apelido dado ao governador do Rio de Janeiro, Luiz Vahia Monteiro, que governou com probidade e rigoroso cumprimento das leis, sendo por isto respeitado pelo povo.

Os sucessores de Luiz Vahia não herdaram suas qualidades, e a população revoltou-se diante da falta de honradez, a insegurança e o abandono da capital, suspirando nos quatro cantos do Rio: “Ah, no tempo do Onça é que era bom!”.

No nosso caso não e lamentação, é revolta. Está insuportável ver-se o País no abandono, entregue a uma organização criminosa e uma governanta desacreditada, levando até nos discursos pronunciados na ONU suas mentiras compulsivas. Em vez de manifestar mágoa, temos ódio, queremos esquecer em breve “o tempo da Anta”!

 

19 respostas para A ANTA

  1. As antas que permeiam os três poderes, são retratos da nossa sociedade. Imagine o que vivemos no nosso dia a dia, no convívio com elas.
    Acho que houve um erro de grafia no comentário sobre o governador do Rio, Luiz Vahia Monteiro. Acredito que você quisesse se referir a ele, como um homem probo.

  2. elisabeth laval jede disse:

    Parabens Miranda!Muito bom como tudo que voce escreve!

  3. marilene marques disse:

    Excelente! Precisamos ir guardando todos estes artigos para o futuro de nossos netos/bisnetos. Tenho feito isto. Creio que eles precisarão saber muitas verdades, pois a história de hoje, nunca será contada de forma verdadeira.
    Sempre é prazeroso ler seus artigos Miranda!

  4. Porque estamos sempre copiando algo dos outros e não reiventando, será que é falta de criatividade dos nossos governantes ou é porque eles não ouvir.

  5. tonifigo1945 disse:

    Caro, Miranda. Enquanto não chega o “tempo do Onça”, vamos empurrando com a barriga o “tempo do Calango” …, aquele da caatinga pernambucana.

  6. Luisa Maranhao disse:

    Caro Miranda, enquanto nao chega o tempo da onça,empurrando com a barriga o “tempo do calango “, como disse o tonifigo1945 !!!!

  7. Fatima Montenegro disse:

    Eu proponho criar o dia da ANTA esse dia seria o dia em que dariamos FIM na PRESIDANTA. Seria um dia feliz,todos dançando e cantandobnas ruas,fogos de artificio no céu, um show de alegria do nosso povo. Então vamos criarbo dia da ANTA ??? FORA DILMANTA,FORA PRESIDANTA,já chega,já deu,acabou,vai pra Cuba ou vai para a PQO !!!!! CHEGA!!!!!

  8. mauricio de queiroz chelou disse:

    ARTICULISTA MIRANDA SÁ, ESTAMOS, É NA ERA DO MOLUSCO+ANTA = IMPUNIDADE, QUE HORROR, GRATO POR SE LEMBRAR, DE MIM, UM POBRE OBSERVADOR, DAS ILICITUDES, AQUI NO BRAZIL, SIM, COM, Z O COM S, NOS FOI ROUBADO, E, APARELHADO, CITO, ATÉ PELO, STF, E STJ, TEATROS MIL, MORDEM E ASSOPRAM, MORCEGOS (SIC). TEMOS PRATICAMENTE, ALGUNS PATRIOTAS, COMO GILMAR MENDES, BOLSONARO, POBRES COITADOS, QUIXOTES, LUTANDO COM UM, ANTRO PODRE, (PT/E CIA), MAIS UM MOINHO DE NOME REDE, DA MARINA MELANCIA, VERDE POR FORA, VERMELHA POR DENTRO, VERGONHA, POIS, SE DIZ, CRISTÃ, E, ENGANA QUEM…, MARISA LOBO, SHEHERAZADE, SIM CRISTÃS, PORÉM, FAALAM AO VENTO, POIS, A REPRESSÃO, É TÃO GRANDE, QUE, A ESQUERDA AS CONSIDERAM, POLYANAS, SONHADORAS POR UM BRA DE BRASIL, E NÃO, ESSE MALDITO, BRA, DE LEVY, ( BRADESCO), QUE ENCAMPA, HÁ ANOS, BANCOS, COMO O BCN, E AGORA, O HSBC, COREANO NÃO É BURRO, E COM UMA ALUSÃO, COMO, A UNASUL, FORO DE SÃO PAULO, MAUROS IASIS, PULARAM FORA, $1, VALE= R$ 5,00, E COMO DISSE, EM UM COMENTÁRIO, MEU, PODER DE COMPRA DE 30%, HIPER-INFLAÇÃO, AÍ, DILMA, NÃO SÓÉ UMA ANTA, COITADA DO BICHO, COMO ACENDE UMA VELAPRA DEUS, E UM ATABAQUE TIMBA, PRO DIABO, NADA CCONTRA RELIGIÕES, MAS, COMO, ELA É COMUNISTA, NÃO, CRÊ EM NADA. FIQUEI CHOCADO, COM BRECHT, E OUTROS FILÓSOFOS, MALDITOS, CITADOS NA UFERJ, USP, UNICAMP, NOSSOS POLOS CULTURAIS, SENDO DESEDUCADOS, ( PÁTRIA EDUCADORA), NÃO DURMO TENHO, VISTO, CUBANOS, COM A ABERTURA DO OBAMA, A ILHA DO CARIBE, (CUBA), E O RETROCESSO, DE NOSSO, BRASIL, POR ESSA ESQUERDA INFELIZ, QUE MATAM + DE 60 MIL BRASILEIROS AO ANO, (GUERRA CIVIL), COMO JÁ OBSERVEI, TEMOS DR NICO DELAGADO DA POLÍCIA CIVIL, EM SP, MORO, O MPF DE CURITIBA, PÓREM, OUVIDORIAS, E DISQUE 100 (DH), NÃO, DÃO SUPORTE ALGUM AO,BRASILEIRO,SIM, QUEROMEU PAÍS DE VOLTA, COMO O FILME, THE BACK TO THE FUTURE, DE VOLTA PARA O FUTURO, ESTAMOS, CADA DIA, TOMANDO UM 7X1, NÃO DA ALEMANHA, MAS, DA BANDILMA, FICCO POR AQUI, E UM ABRAÇO DO AMIGO MAURÍCIO, O SENHOR, MARISA, SAKA, PROFE BORTO. ME REPRESENTAM, SE ESQUECI, DE ALGUÉM, DESCULPE-ME, BOA NOITE, ESPERO, NÃO TERMOS QUE VOLTAR, A RECITAS DE BOLO OU TORTAS, COM, MENSAGENS SUB-LIMINARES, (CENSURA CHEGOU DE NOVO), CITO FOICEBOOK, (FACEBOOK), VALEU PELA LEMBRANÇA.

  9. Carla disse:

    Vamos lá comemorar o dia da Anta no dia 31 então.

  10. Ajuricaba disse:

    Minha mãe usava muito esta expressão do “tempo do onça”. Não sabia a origem. Mais uma coisa boa que aprendo aqui.

  11. tania marah disse:

    Gostei muito do texto, obrigada por recomendar

  12. Chico Dias disse:

    Esquecer o tempo da anta será uma tarefa difícil, cicatrizes ficarão registrada na trágica história do Brasil onde a pelegagem teve autonomia, com o aval de muitos facínoras do congresso, para o retrocesso no desenvolvimento econômico e social.

  13. “A ANTA”; um desabafo com muita classe. Diante de tal ‘sofrência’ manifestada,dei-me à curiosidade de saber qual o coletivo de anta,para ajudar a qualificar a totalidade dos componentes dessa fauna.Lamentavelmente não encontrei e,parece que, deve-se chamar de bando.
    Sim, bando ou gang, são coletivos de antas e ladrões.
    Estamos em plena temporada de caça!

  14. Mônica Torres disse:

    Que delicia de texto, Miranda! Por um instante, me acabei de rir.. Que trio extraordinário, Aldo Rebelo, Chico Alencar e Ângela Guadagnin. Já que o projeto foi assim tão desafiador ao evento americano, eles poderiam também desafiar o trio “Os 3 Patetas” com uma versão brasileira tipo quem sabe… “Os 3 Bananas”..
    Por enquanto nos resta apenas divulgar o 31 de outubro…
    Parabéns! este seu artigo está impagável!!!

  15. vileite disse:

    Excelente e mordaz , mas verdadeiro artigo , parabéns !
    é duro ter que aguentarmos as propostas indecorosas dos ” três ignóbeis trapalhões ” . Será que não dá para ressuscitarmos o “onça ?”.

  16. Tito disse:

    Se temos uma presid”anta “imagine o que dizem as Antas no seu habitat natural?

  17. Wellington j costa disse:

    Gostei do texto, só quero reforçar que em minas o sentido é de uma pessoa ,desengonçada e retardada e sem foco no que faz.

  18. deaC disse:

    Chico, Aldo e aquele deputada dançarina, são os verdadeiros “amigos da onça” do povo brasileiro. Bom texto, Miranda.