Victor Heringer

Deixe um comentário
Compartilhar

Oração

Olhai por nós, pecadores; estamos cansados.
As flanelinhas, os endomingados nos museus,
os cirurgiões oftalmologistas, os estrábicos,
os daltônicos, os heterocrômicos, os cineastas,
os olheiros do futebol, os espiões como as mulheres
em trocadores de lojas, os que são
deleitam em testemunhar o coito alheio,
os glaucomatosos, os que não choram embaçado,

[…]

Os que estão de olhos abertos, os que morrem
de olhos abertos, os que matam de olhos abertos,
os que são vistos, os voadores e os que têm o diabo,
os que andam em montanhas-russas sem fechar os olhos ao medo,
os espiões, os cobiçadores da mulher do próximo
e os esguelhas, os desvendados.
Nós estamos cansados. Aqui tudo se vê,
mas todos os gostos meteorologias;
para cima, toda conversa é de elevador.

 

Para saber mais sobre o poeta clique  aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *