Blog-Jornalismo_Notícias de Hoje

Deixe um comentário
Compartilhar

Ficha Limpa: Roriz tentou afastar ministro do STF  – Ameaçado de ter a candidatura negada pela Lei da Ficha Limpa, o ex-governador Joaquim Roriz tentou contratar um advogado que é genro do ministro Ayres Britto, do STF. Seu objetivo era afastar Ayres Britto do julgamento, para tentar obter decisão favorável no tribunal. A negociação, que chegaria a R$ 4,5 milhões, foi gravada em vídeo pelo próprio Roriz.

Confusão sobre Ficha Limpa afeta 76 candidatos – Pelo menos 76 candidatos vão participar das eleições de domingo sem a certeza jurídica de que, se eleitos, vão assumir de fato os cargos que disputaram.

Na TV, Serra canta e Dilma exibe Lula – Na despedida do horário eleitoral, o programa de Dilma Rousseff voltou a mostrar o presidente Lula como principal avalista político da candidatura dela. José Serra buscou um tom emotivo: mostrou a família, rezou e cantou. Ele e Marina Silva pediram pela chance do 2º turno.

Rebelião policial coloca Equador em estado de exceção – A rebelião de um grupo da Polícia Nacional do Equador, apoiada por pelo menos uma facção militar, levou o governo equatoriano a decretar estado de exceção no país por cinco dias. Os rebeldes tomaram quarteis, aeroportos e a Assembleia Nacional. Houve saques ria capital, Quito.

‘Xerife’ da magistratura – Primeira mulher a ocupar uma vaga no Superior Tribunal de Justiça, a ministra Eliana Calmon, que acaba de deixar a Corte para assumir a cargo de corregedora nacional de Justiça, quer “tolerância zero” com a corrupção no Judiciário e rigor nas corregedorias estaduais.

MG: Anastasia e Hélio dão volta ao mundo em busca de votos – Nos últimos dias da campanha, Antonio Anastasia decidiu concentrar esforços na Grande BH para tentar consolidar a vantagem apontada nas pesquisas, que lhe daria a vitória no primeiro turno. Já Hélio Costa acredita que o jogo eleitoral não está definido e convoca a militância a investir no voto dos indecisos.

Planos de saúde: Consulta básica terá de ser feita em até sete dias – Determinação da Agência Nacional de Saúde Suplementar é para coibir abusos de operadoras e evitar que segurados fiquem até sete meses na fila à espera de um exame médico. A ANS fixou novas regras para o setor que devem entrar em vigor no ano que vem. .

Pela primeira vez em dois anos, dólar fecha abaixo de R$ 1,70 – Moeda americana recua 1,78% e encerra o dia cotada a R$ 1,692. Em setembro, o dólar recuou 3,52%. Queda preocupa indústria porque encarece as exportações.

Voto sugere continuidade e reformas – Os quatro principais institutos de pesquisa do país convergem para a tendência de definição da eleição presidencial em primeiro turno. No cenário mais apertado, do último Datafolha, Dilma Rousseff (PT) tem 52% dos votos válidos, o que a colocaria quatro pontos percentuais além da soma de seus adversários. José Serra (PSDB) tem 31%, Marina Silva (PV), 15% e os demais, 2%.

Estrangeiros criticam modelo de banda larga – O modelo de compras de equipamentos para o plano de banda larga da Telebrás, que dá preferência às soluções com tecnologia desenvolvida no país, recebe críticas das empresas estrangeiras. 0 modelo é “destrutivo” e desestimula a produção no Brasil, diz Aluízio Byrro, da Nokia Siemens.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *