Blog-Jornalismo_Notícias de Hoje

Deixe um comentário
Compartilhar

Eleição no DF tem 104 barrados pela Justiça – Justiça Eleitoral negou registro a 104 candidatos a governador, senador e deputados no Distrito Federal. Desses, 61 recorreram e estão com suas candidaturas sub judice – os demais já estão fora da disputa. Nove deles foram enquadrados na Lei da Ficha Limpa.

Amapá, um estado na cadeia – De uma só vez, a PF prendeu o governador, o ex, o secretário de Segurança e o presidente do Tribunal de Contas do Amapá. E levou à delegacia o presidente da Assembleia e o prefeito de Macapá. Todos acusados de desvio de verba. Lula tinha gravado mensagem de apoio ao ex-governador.

Fralda, fraude ou Freud?  – Na primeira entrevista após o nascimento do neto, a candidata do PT, Dilma Rousseff, cometeu um ato falho; ao ouvir uma pergunta sobre fraldas para o neném, entendeu a palavra “fraude” e não quis responder. Achou que fosse mais uma questão relacionada ao escândalo de quebra do sigilo de tucanos na Receita.

Infraero vai abrir licitação para hotéis – De olho na Copa e nos Jogos de 2016, a Infraero abre este mês licitação à iniciativa privada (e até a investidores estrangeiros) para construção de hotéis e garagens nos principais aeroportos do país.

Oito anos de prisão para quem fraudar concurso – Preocupado com a onda de irregularidades nas seleções para os órgãos públicos, o Ministério do Planejamento decidiu aumentar a segurança dos processos, com a criação de regras mais rígidas de organização – como a identificação de candidatos por meio de impressões digitais – e propondo a criminalização das fraudes. Projeto de Lei prevê punição dos acusados de dois a oito anos de cadeia.

MP quer obrigar pichador a indenizar pelo prejuízo – Ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público Estadual pede que a quadrilha de pichadores presa no mês passado em BH seja multada, em quantia a ser estipulada pela Justiça, pelos danos causados. A proposta é que a medida seja estendida a todos que forem flagrados emporcalhando a cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *