Blog-Jornalismo_Notícias de Hoje

Deixe um comentário
Compartilhar

 Receita: vazamento de sigilos era encomendado – A Corregedoria da Receita Federal enviou ao Ministério Público representações que apontam a servidora Addeilda dos Santos, da delegacia de Mauá (SP), como responsável pelo vazamento de dados fiscais. Segundo a Corregedoria, ela operava o esquema a partir de seu computador.

Dirigente do Incra e mais 19 são presos em operação da PF – Operação da Polícia Federal prendeu o superintendente do Incra de Mato Grosso do Sul, Waldir Cipriano Nascimento, e outros 19 suspeitos de fraude em lotes da reforma agrária. De acordo com a investigação, áreas eram reservadas para líderes de movimentos sociais e vendidas. Exonerado, Nascimento negou as acusações.

A cada 4 dias, Lula divide algum palco com Dilma – Em linha com a estratégia de colar a imagem de Dilma Rousseff à do presidente Lula, o roteiro da campanha do PT na reta final das eleições prevê pelo menos mais dez comícios dos dois lado a lado a partir de amanhã. A dupla chegará às urnas com a média de um ato público conjunto a cada quatro dias. Até as eleições, haverá comícios em seis Estados.

Serra muda slogan e fala em ‘hora da virada’ – Depois de articular ofensiva para fazer frente aos resultados das pesquisas, a nova estratégia de comunicação de José Serra (PSDB) tem “tribuna popular” na internet e um slogan que traduz o momento da campanha tucana: “É a hora da virada.”

Procuradoria opina contra candidatura de Roseana Sarney – O Ministério Público Eleitoral opinou contra a candidatura da governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), com base na Lei da Ficha Limpa. Segundo parecer entregue ao TSE, Roseana não pode ser candidata à reeleição por conta da condenação em duas ações populares e em representação eleitoral.

Servidora da Receita afirma que sua senha era socializada – Acusada de participar da violação do sigilo fiscal do dirigente tucano Eduardo Jorge, a funcionária da Receita Federal Adeildda Ferreira dos Santos declarou à Folha que colegas na agência de Mauá tinham acesso livre ao seu terminal. Santos afirmou ter cometido apenas um erro: “Como servidora, deveria ter sido mais cuidadosa”.

Dilma foge de convites. Serra aposta em Minas – Confiante em vitória apontada por pesquisas, a presidenciável Dilma Rousseff rejeita apelo para reforçar campanha de aliados nos estados. Serra volta a Minas e tenta colar imagem à dos candidatos tucanos a governador, Antonio Anastasia, e a senador, Aécio Neves.

TSE decide hoje se Roriz é ficha suja – Um capítulo importante das eleições no Distrito Federal está para ser escrito. Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral julgam hoje o registro da candidatura de Joaquim Roriz, condenado pelo TRE com base na Lei da Ficha Limpa. Há uma tendência no plenário em manter o veto à participação do ex-governador nestas eleições.

México demite 10% da polícia por corrupção – Depois do massacre de 72 imigrantes ilegais, a Polícia Federal mexicana demitiu 3,2 mil agentes, o equivalente a 10% do seu efetivo, por suspeita de corrupção e envolvimento com o crime organizado. Outros 1.500 serão exonerados.

Com apoio de Lula, Campos reconstrói sua carreira em PE – Governador mais bem avaliado do país, Eduardo Campos (PE) pode vir a se reeleger como recordista de votos. Se for confirmada nas urnas a preferência de quase 70% nas pesquisas, ele pretende reconstruir uma imagem nacional diferente daquela que, 14 anos atrás, o expôs como pivô do chamado “Escândalo dos Precatórios”, no qual foi absolvido pela Justiça.

As ‘islâmicas’ de Kadafi – Em visita a Roma, o ditador líbio, Muamar Kadafi, contratou 500 jovens modelos italianas e tentou convertê-las ao Islã, despertando a fúria dos opositores do premier Sílvio Berlusconi. Ele pagou cachê de 70 euros, deu exemplares do Alcorão a cada uma e convidou para jantar as duas que se disseram convertidas.

Fiesp reclama de importações – O real valorizado e a elevada taxa de juros têm prejudicado indústrias sem condições de competir com produtos importados, segundo Benjamin Steinbruch, presidente da Fiesp e da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN).

Planos de saúde: Amil terá de ressarcir os idosos – A Justiça mandou a operadora reduzir de 165% para 80% o reajuste nas mensalidades dos usuários acima de 60 anos. De acordo com a decisão, a empresa devolverá o dinheiro cobrado a mais.

No Irã, mídia chama Carla Bruni de prostituta – Após defender Sakineh, condenada à morte por adultério, a primeira-dama da França foi chamada de prostituta pela mídia oficial iraniana. A imprensa criticou seu casamento e insinuou que ela traiu Nicolas Sarkozy.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *