EROTIZAÇÃO & DROGAS

[ 14 ] Comments
Compartilhar

MIRANDA SÁ (E-mail: mirandasa@uol.com.br)

“Toda forma de vício é ruim, não importa que seja droga, álcool ou idealismo” (Carl Jung)
“Somos responsáveis pelo o que fazemos e recebemos. Mas não somos responsáveis pelo que sentimos” (Wilhelm Reich)

Os psiquiatras e psicólogos especialistas em pediatria enfrentam repetidas vezes problemas de abuso sexual sofrido por crianças e adolescentes. Sabem que na maioria das vezes a vítima, graças a uma indução erótica, até colabora com isto.

A abordagem do pedófilo não é violenta; é sedutora. Usam um discurso manhoso, cheio de promessas e de exemplos gratificantes. Há um deputado federal do Rio de Janeiro que defende o relacionamento erótico e sexual entre adultos e crianças como forma de aprendizagem…

Como o parlamentar – individualmente homossexual e assumidamente político de extrema esquerda – recrudescem manifestações provocando a erotização de crianças, das peças de teatro às exposições pretensamente artísticas, promovidas pelo governo (Lei Rouanet) e grandes empresas, como os bancos Santander e Itaú.

Isto se faz sob o aplauso fácil dos “politicamente corretos”, os mesmos que uma década atrás proibiram que meninos e meninas cantassem a cantiga folclórica “Atirei o Pau no Gato” e propuseram que se banisse das bibliotecas escolares os livros infantis de Monteiro Lobato.

Intolerantes com a defesa das tradições culturais e da estrutura familiar defendem as demonstrações da recém lançada igualdade de gênero e a identidade sexual múltipla, somando ao feminino e o masculino a terceirização igualitária do “neutro”, do “bivalente” e do “transgênero”…

As redes sociais registram que professores do Rio Grande do Sul levaram caravanas de estudantes do Ensino Básico para a exposição pornográfica, pedófila e zoófila do Queermuseu, promovida pelo Santander Cultural, e também a foto de uma “mãe” estimulando o filho a interagir com um homem nu no MAM.

As relações políticas do Curador do Queermuseu e da “Mãe” fotografada têm filiação partidária na esquerda lulopetista. É da fração ultra esquerdista que vêm as promoções caóticas da pornografia e do uso de drogas como avanço no seu programa “revolucionário”.

Para impor o totalitarismo, usam a tática de induzir os amigos dos animais a criticar o “atirei o pau no gato”, e enganar os antirracistas apontando aversão racial com a Tia Anastácia”, nas “Reinações de Narizinho” de Monteiro Lobato. É o “dividir para dominar”

Além de atentar contra a moral, os militantes “de esquerda” aliam-se aos narcopopulistas e incentivam o uso de drogas entre as crianças e os jovens. Enaltecem do álcool aos excitantes e alucinógenos, drogas legais facilmente encontradas nos bares e nas farmácias ou drogas ilegais que levam às chamadas “bocas-de-fumo”.

Não se importam com o futuro dos indivíduos; para os seguidores da seita lulopetista pouco interessa que ocorram sequelas psicóticas nas gerações expostas aos seus ensaios de lavagem cerebral. As sequelas físicas e psíquicas chegarão com o amadurecimento biológico e intelectual.

As cicatrizes da alma provocadas pela erotização precoce e a irrealidade estupefaciente são o preço cobrado à sociedade para a conquista do poder que, quando exercido, felizmente, cria os anticorpos políticos e sociais que o derrubará pela conscientização do sofrimento, do complexo de culpa e da revolta.

14 respostas para EROTIZAÇÃO & DROGAS

  1. Ajuricaba disse:

    Excelente, como sempre. Guardo e destaco a frase: “A abordagem do pedófilo não é violenta; é sedutora.” Traduz em toda sua essência a crueldade do crime.

  2. Margot Cardoso disse:

    “Politicamente corretos”, moralmente doentes. Do alto de minhas seis décadas, não consigo entender essa decadência moral dos indivíduos que se deixam seduzir por tal “canto de sereia”.
    E mais ma vez, excelente e lúcido artigo, Miranda Sá.

  3. Demise disse:

    Ótimo artigo!! Você deveria fazer parte do grupo Escola Sem Partido ! Poderia acrescentar muito ao grupo! Parabéns!

  4. Rodrigo Cortes disse:

    A impressão que tenho é que esse PROGRAM petista era para estar se dando na ditadura Dilma Rousseff ( período desastrosos de 6 anos na nossa história).
    Só que eles não contavam com o Impeachment. Sem noção, continuaram a querer ter a influência que tinham com ela no poder e seguir a cartilha pragmatística, e a reação do povo foi melhor ouvida, pois não há um abafa consensual imposto pela ditadora na mídia e seus seguimentos.
    Mas mesmo que esteja havendo um Voz ativa contra esses abusos, irá demorar anos e anos para nos livrarmos desse ranço ideológico gramsciniano-marxista cultural.
    PS Tanto que a marca presente na mostra por coincidência é a do Banco Santander, o mesmo que demitiu a funcionária que se reagiu contra o Projeto Dilma no Poder

  5. Texto perfeito e verdadeiro ! Não vejo a hora de podermos viver com tranquilidade ,segurança , proteção e civilidade nesta país.

  6. O nosso país precisa urgentemente de mais atitudes sejam elas independente de quem quer que seja o infrator, caso contrário e sem pessimismo a tendência termos mais casos ridículos.

  7. Mary de Paula disse:

    Ao apoiar atos do tipo, estão criando pessoas revoltadas, com grandes probalidades de se tornarem adultos violentos, quando não psicopatas. Triste ver o que está acontecendo com nossas crianças.

  8. Neide Freitas disse:

    Muito triste ver as crianças as vezes até pela própria mãe que deveria protegê – lá sendo a primeira a incentivar a filha a atos que uma hora de sua vida chegaria não precisando precipitar . Onde fica a inocência das crianças? Hoje as crianças vestem como um adulto , foi se o tempo que as roupinhas eram diferentes do adulto

  9. WELTON REIS DOS SANTOS disse:

    O excesso de politização está idiotizando grande parte da sociedade nos grandes centros. Não tenho dúvida de que arte é para gênios e não pessoas comuns que a deturpam e politizam por serem manada e não ponteiro. Excelente artigo mestre Miranda!

  10. Evandro Naves disse:

    Parabéns pelo excelente artigo.

  11. NÃO SEI ONDE MAS ASSINO EM BAIXO, O TEOR É EQUIVALENTE AOS TEXTOS QUE ESCREVO E ESCREVI SOBRE ESTA FORMA DE ESTRAÇALHAMENTO DA CÉLULA FAMILIAR COMO BASE PARA DESESTRUTURAÇÃO DE TODAS INSTITUIÇÕES DA NAÇÃO E CONSEQUENTE TOMADA DO PODER DOS SALVADORES DA PÁTRIA QUE CERTAMENTE VAI DINOUSSAURAMENTE IDEALIZAR O NIVELAMENTO SOCIAL POR BAIXO TAL E QUAL VENEZUELA E COREIA DO NORTE PARA NÃO APONTAR A ETERNA ROMÂNTICA CUBA SEMPRE NOS ANOS 1950 PARA O POVO E 2018 PARA OS DIRIGENTES.

  12. Saudações!
    Infelizmente uma realidade, bastante imunda em todo conceito…
    Parabéns seu trabalho literário, é um luz positiva para o esclarecimento deste assunto tão serio neste nosso país, carente de cultura e educação.

  13. Vamos dizer não à Ideologia de Gênero!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *