Arquivo do mês: novembro 2012

Paulinho Nogueira – O Barquinho

Leia aqui a biografia de Paulinho Nogueira

Número 2 repassava e-mails sigilosos da AGU a quadrilha

Rosemary diz que submeteu a Lula nomeação de irmãos presos pela PF

Novas revelações aumentam suspeitas de ligação do esquema com o Ministério da Educação: além de manipular dados para beneficiar sua própria faculdade, Vieira teve acesso a informações de outras instituições de ensino

José Weber Holanda Alves, o ex-número dois da AGU indiciado pela PF na Operação Porto Seguro, vazou para Paulo Vieira, ex-diretor da Agência Nacional de Águas, chefe da quadrilha, todo o conteúdo de mensagens trocadas entre advogados da União. Weber transferia as mensagens do e-mail institucional da AGU para um e-mail pessoal, e depois as encaminhava a Vieira. De acordo com o “Jornal Nacional” documentos obtidos pela PF mostram que a ex-chefe de gabinete do escritório da Presidência da República em SP Rosemary Noronha afirmou ter tratado com o então presidente Lula as nomeações de Paulo Vieira e de seu irmão Rubens para as diretorias de agências reguladoras. (O Globo)

Chamadas de 1ª página_6ª-feira,30.nov.12

O GLOBO – Número 2 repassava e-mails sigilosos da AGU a quadrilha

FOLHA DE SP – Ex assessora usou Lula para conseguir cargos

ESTADÃO – Em e-mail, Rose diz tratar com Lula de nomeações dos Vieiras

C. BRAZILIENSE – A ajuda dos Vieira a Valdemar

VALOR – Tesouro banca 51% dos empréstimos do BNDES

ESTADO DE MINAS – Adams na corda bamba

J. DO COMMÉRCIO (PE) – E-mails de Rosemary complicam Lula

ZERO HORA – Servidores pedem saída de Adams, que apoia suspeito

Carlinhos Lyra – Primavera

Clique aqui para ler a biografia de Carlos Lyra

Mensalão o julgamento – Jefferson escapa de regime fechado

Delator do mensalão, ex-deputado teve pena reduzida de 10 para 7 anos de prisão, o que lhe dá direito a regime semiaberto

O STF reduziu a pena do ex-deputado Roberto Jefferson (PTB), calculada em mais de dez anos de prisão, para sete anos e 14 dias, livrando-o do regime fechado. Punições abaixo de oito anos permitem o semiaberto.

A corte considerou que a colaboração do petebista foi fundamental para identificar os envolvidos no mensalão — esquema de compra de apoio no Congresso no primeiro governo Lula que ele revelou à Folha em 2005.

Condenado pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva, Jefferson vai ter de pagar multa de R$ 721 mil. Em seu blog, ele escreveu, em inglês, “nunca se queixe, nunca se explique, nunca se desculpe”.

O cálculo das penas dos 25 condenados no julgamento terminou com a condenação do ex-presidente da Câmara João Paulo Cunha (PT) a nove anos e quatro meses de prisão — um ano e meio em regime fechado. (Folha de SP)

Chamadas de 1ª página_5ª-feira,29.nov.12

O GLOBO – O maior golpe na impunidade

FOLHA DE SP – Jefferson escapa de regime fechado

ESTADÃO – STF condena João Paulo à prisão e alivia Jefferson

C. BRAZILIENSE – STF decide que João Paulo Cunha vai para a cadeia

VALOR – STF reduz as penas de Jefferson

ESTADO DE MINAS – Delações livram Roberto Jefferson de dormir na cadeia

J. DO COMMÉRCIO (PE) – Jefferson ficará preso no regime semiaberto

ZERO HORA – STF poupa delator do mensalão

 

Roberto Menescal – Ah! Se eu pudesse

http://youtu.be/_jpWV2uvvAU

Clique aqui para ler a biografia de Roberto Menescal

Número dois dos Portos negociou com quadrilha

Principal investigado disse a Gilberto Miranda que, a partir de encontro com funcionário, ‘céu é o limite’

Investigações da Polícia Federal indicam que o secretário executivo da Secretaria de Portos da Presidência, Mário Lima Júnior, negociou com a máfia dos pareceres a liberação de projeto de interesse do grupo investigado na Operação Porto Seguro. Número 2 da pasta chefiada pelo ministro Leônidas Cristino (PSB-CE), Lima Júnior se reuniu com o ex-diretor da Agência Nacional de Águas (Ana) Paulo Rodrigues Vieira, apontado pela PF como chefe da quadrilha, para Miranda. E marcou encontro com o ex-parlamentar, em São Paulo, em viagem bancada com verba pública. “Ele (Lima) vai no seu escritório. Aí, você faz um contato direto. A partir de agora, o céu é o limite”, disse Vieira em conversa com Miranda, gravada pela PF. A Secretaria de Portos confirmou que Lima Júnior esteve em Santos em 26 de abril e se encontrou com Luís Awazu, sócio da São Paulo Empreendimentos, mas negou reunião com Miranda. (Estadão)

Chamadas de 1ª página_4ª-feira,28.nov.12

O GLOBO – Número 2 da AGU era investigado há dez anos

FOLHA DE SP – Grupo favoreceu ex-senador em obra de R$ 2 bi

ESTADÃO – Número dois dos Portos negociou com quadrilha

C. BRAZILIENSE – Rosemary influiu até em nomeação do Itamaraty

VALOR – Governo ‘cede’ Cardozo para blindar Lula

ESTADO DE MINAS – Exonerações em banho-maria

J. DO COMMÉRCIO (PE) – Cardozo e Adams vão ao Senado. Rose, não

ZERO HORA – Manobra para impedir a fala de ex-assessora

Os Cariocas – Vivo sonhando

http://youtu.be/rkIEuQ3qOzw

Leia aqui a história de Os Cariocas