Arquivo do mês: novembro 2010

Câmbio

Dólar acumula alta pelo 2º mês seguido e vai a R$ 1,714

A cotação do dólar comercial fechou em baixa de 0,58% nesta terça-feira (30), a R$ 1,714 na venda. Apesar disso, a moeda norte-americana encerrou o segundo mês consecutivo com alta acumulada de 0,65%. O dólar ainda não conseguiu reverter a queda no ano, e perde 1,66% no acumulado desde janeiro. O Banco Central (BC) manteve as atuações diárias no câmbio e voltou a comprar a moeda em leilão no mercado à vista. A taxa de corte foi de R$ 1,714.

UolEconomia

TCU mantém veto a três obras do Ministério da Integração Nacional

O TCU (Tribunal de Contas da União) manteve nesta terça-feira, em audiência pública da Comissão Mista de Orçamento, a recomendação de paralisação de três obras do Ministério da Integração Nacional até que as irregularidades verificadas pelos auditores sejam corrigidas. As obras são as das barragens dos rios Arraias (TO) e Congonhas (MG) e a da drenagem das águas da chuva no bairro Tabuleiro dos Martins, em Maceió (AL).

Agência Câmara

Dilma diz a PMDB que petista Paulo Bernardo assumirá Comunicações

A presidente eleita, Dilma Rousseff, afirmou nesta terça-feira (30) à cúpula do PMDB que Paulo Bernardo (PT) assumirá o Ministério das Comunicações. Se Bernardo, atual ministro do Planejamento, assumir o controle no governo dilmista, a pasta sairá da cota do partido.

Hoje, o ministro das Comunicações é José Artur Filardi, ex-chefe de gabinete de Hélio Costa (PMDB) –à frente da pasta até deixar o cargo para se candidatar ao governo de Minas. Dilma fez a afirmação durante reunião com o seu vice, Michel Temer (PMDB-SP), e os senadores José Sarney (PMDB-AP) e Renan Calheiros (PMDB-AL).

NATUZA NERY, Agência Folha

Publicitário diz ter testemunhado pedido para custear despesas de viagens de Erenice

O publicitário Marcos Ribas disse ontem em depoimento à Polícia Federal, em Campinas (93 km de SP), que testemunhou o ex-diretor de operações dos Correios Marco Antônio Oliveira pedir R$ 5 milhões ao consultor Rubnei Quícoli, em setembro, para custear despesas de viagens da ex-ministra da Casa Civil Erenice Guerra. Ribas deixou a PF sem falar com a reportagem, mas seu advogado, Affonso Pinheiro, confirmou o teor das declarações. A PF não se manifestou sobre o depoimento.

MAURÍCIO SIMIONATO/Campinas

Agora é o programa ‘Panorama’, da BBC, que denuncia

Panorama: Três oficiais da Copa do Mundo Fifa aceitaram suborno


Três altos funcionários da Fifa, que fazem parte do Comitê Executivo que escolherá  as sedes das Copas de  2018 e 2022, aceitaram subornos na década de 1990, de acordo com o programa Panorama da BBC.

 

Nicolas Leoz, Issa Hayatou e Ricardo Teixeira pegaram dinheiro de uma empresa de marketing esportivo que detinha os direitos da Copa do Mundo, a ISL, alega o programa.

 

Os alegados subornos são incluídos em uma listagem de documentos confidenciais com 175 pagamentos, totalizando cerca de US $ 100 milhões.

 

Os três homens não responderam às denúncias do Panorama.

 

A Fifa, órgão máximo do futebol mundial, também recusou pedidos de entrevista para enfrentar as acusações.

 

A lista da ISL mostra uma empresa de fachada em Liechtenstein, chamada Sanud, por meio da qual Teixeira recebeu 21 pagamentos que totalizaram US $ 9,5 milhões.

 

Procurado pela BBC ele também não se manifestou.

 

 

Fonte: Juca Kfouri

 

achargeonline.com.br/Sponholz

Frases

“O clima é de êxtase, mas não nos enganemos”. (Pedro Dória, jornalista)

“O poder público, quando quer, ganha sempre. (Dora Kramer, jornalista)

Opiniões

A ocupação e só um começo

O Rio diz que as populações não ficarão mais à mercê da marginália. Mas a conta não fecha. (Estadão)

Um buraco no cinturão

Cerco militar ao complexo do Alemão deixou brecha por onde muitos bandidos fugiram sábado à noite (Anna Ramalho, jornalista)

Banquete para historiadores

Os documentos vazados pelo WikiLeaks são o sonho dos historiadores. Mas os diplomatas americanos não têm do que se envergonhar. (Timothy Garton Ash, jornalista)

Cláusula do calote

Por mais abutres que pareçam os credores, não faz sentido culpá-los pelas agruras pelas quais vêm passando tantos paises europeus. (Celso Ming, jornalista)

A revisão do Código Florestal

As mudanças propostas ao Código Florestal não contêm uma só norma que facilite o desmatamento. Qualquer afirmação em contrário é falsa. (Kátia Abreu, jornalista)

Guerra ao narcotráfico

Exército pode ficar 7 meses no Alemão, até a nova UPP

Um dia após a ocupação do Complexo do Alemão, o governador Sérgio Cabral anunciou que já conseguiu do Ministério da Defesa a garantia de que o Exército poderá permanecer por sete meses no conjunto de favelas até que o Alemão e a Vila Cruzeiro ganhem Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs). Enquanto cerca de sete mil PMs forem treinados, militares do Exército serão responsáveis pelas operações de cerco, buscas e patrulhamento das favelas. Os soldados que estão nas duas comunidades passaram pelo Haiti e têm experiência em ocupações. Denúncias de saques nas casas de moradores durante as operações policiais levaram à criação de uma ouvidoria em caráter emergencial.

Custo para implantar UPPs deve passar de R$ 2 milhões

O custo para implantar e equipar as UPPs deve superar R$ 2 milhões, financiados por um fundo de doações da iniciativa privada. Só a UPP no Alemão deve precisar de cerca de 2.000 homens, 5% do efetivo da polícia no Estado. A folha salarial mensal das novas UPPs será de ao menos R$ 4 milhões, 4% dos gastos do Rio com pessoal da PM.

Polícia é acusada de cometer abusos

As batidas policiais em casas no Complexo do Alemão revoltaram vários moradores. Sem mandados de busca, a polícia anunciou que só procuraria armas, drogas e fugitivos, mas está sendo acusada de cometer abusos.

Onde estão as armas e os traficantes?

As imagens da fuga em massa de bandidos, exibidas pela TV Globo, deixaram duas perguntas no ar: para onde foram todos os traficantes e onde estão as armas? A policia já prendeu 123 suspeitos, mas investiga a hipótese de que muitos dos 600 traficantes da área tenham escapado pela galeria pluvial do PAC. A revista no Alemão não tem data para acabar.

O “day after”

Na manhã seguinte à invasão do complexo do Alemão pela polícia, o comércio voltou a abrir, moradores saquearam casas de traficantes e um policial disse achar que operários do PAC foram obrigados a abrir galerias de fuga.

No Brasil, 190.732.694 de habitantes

Após quatro meses de coleta e revisão de dados, o IBGE revela o primeiro resultado do Censo 2010: o Brasil tem 190.732.694 de habitantes, Em relação ao levantamento de 2000, houve crescimento de 12,3%, menor que o aumento observado na década anterior, de 15,6%. Uma surpresa foi o crescimento de cidades de porte médio e um ritmo menor no crescimento das metrópoles. O Censo mostra também que a população está vivendo mais em cidades do que há dez anos: 84,3%, ante 81,2% em 2000. São Paulo é o Estado mais populoso, com 41.252.160, e Roraima, o menos (451.227).