Arquivo do mês: dezembro 2008

Poesia

AO LONGE SOBRE UM PORTO CHEIO…

 

         Ao longe sobre um porto cheio

                                   de casas sem calefação

em meio às chaminés de navio

             de um telhado mastreado de varais

      uma mulher hasteia velas

                                     sobre o vento

expondo seus lençóis matinais

                            com pregadores de madeira

                     Oh mamífero adorável

                          seus seios seminus

         arrojam sombras retesadas

                                  quando ela se estica

para pendurar de alma lavada

                                          seu último pecado

                 mas umidamente sensual

                                           ele se enrola nela

                    agarrado à sua pele

                               Capturada assim de braços

                                                          erguidos

           ela atira a cabeça para trás

                                    numa gargalhada muda

   e num gesto espontâneo

                        espalha então cabelo dourado

 

enquanto nas inatingíveis paisagens marinhas

 

                    entre lonas brancas e enfunadas

 

sobressaem radiantes os barcos a vapor

 

                                        para o outro mundo

 

Lawrence Ferlinghetti

 

O Poeta

Poeta beat ítalo-americano. Nascido em Nova York, em 1919, ele foi Lawrence Ferling até 1955. Na verdade, seu pai, italiano, migrara para os Estados Unidos e lá encurtara o nome para Ferling. O que o filho fez, aos 36 anos, foi recuperar o nome original e assim realçar sua origem italiana. Mas ele nunca teve uma educação italiana.

 

Depois de estudar na Universidade de Colúmbia e se doutorar na Sorbonne, Ferlinghetti se mudou para San Francisco, na Califórnia. Lá, lecionou francês e se dedicou à crítica literária. Em 1953, em parceria com Peter D. Martin, abriu a livraria City Lights, nome tomado por empréstimo de Luzes da Cidade, o filme de Chaplin. Dois anos depois, já sem o sócio, Ferlinghetti decidiu entrar na área de edição de livros, especializando-se em poesia.

 

A editora City Lights ganhou notoriedade após publicar Howl (Uivo), poema de Allen Ginsberg, em 1956. O livro foi proibido pela censura, sob a acusação de obscenidade. Ferlinghetti, o editor, chegou a ser preso por isso.

Leia mais 

aqui

Tchaikovsky – Valery Gergiev – Symphony No. 4 – Mvt.4

Vienna Philharmonic Orchestra conduzida por Valery Gergiev. Suntory Hall, Tokyo,2004

Valery Abisalovich Gergiev (Moscou, 2 de maio de 1953) é um maestro russo. Gergiev é diretor artístico e geral do Teatro Mariinski, de São Petersburgo. É também o atual regente titular da Orquestra Sinfônica de Londres e da Orquestra Filarmônica de Roterdã – cargo que detém até 2008 -, além de ser o principal regente associado da Metropolitan Opera.

 

No dia 21 de Agosto de 2008, na cidade de Tshinvali, Valery Gergiev deu concerto de musica clássica em apoio aos separatistas da Ossétia do Sul. A orquestra tocava as musicas de Tchaikovsky e Shostakovitch. Ao lado, numa distância de apenas duzentos metros do palco, vários cidadãos georgianos estavam encarceradas nas gaiolas, tendo como única culpa a sua origem étnica.

Barenboim no Obelisco

Concerto gratuito de tangos sinfônicos no obelisco em BUENOS AIRES sob a direção do maestro argentino Daniel Barenboim há 31.12.06.

Em texto inédito em português, o crítico George Steiner analisa Nos Penhascos de Mármore, romance de tons autobiográficos do polêmico autor alemão, recém-lançado no Brasil Tempestades de Aço, de Ernst Jünger, foi publicado em 1920 e trouxe fama imediata ao seu ...

Publicado em por Marjorie Salu | Deixe um comentário

Era comum, talvez ainda seja, que o infeliz plantado numa redação na véspera de Natal, com uma página somente esperando uma matéria dele para rodar, não resista ao título que, em temível concerto telepático, também vem à cabeça dos outros ...

Publicado em por Marjorie Salu | Deixe um comentário

Falta destravar o investimento   A redistribuição de verbas pode aumentar a eficiência dos programas de investimento em 2009. A solução eficaz e definitiva, porém, só pode ser a elevação dos padrões de toda a administração federal.   FOLHA DE SÃO PAULO

Publicado em por Miranda Sá | Deixe um comentário

2008 - O ano que não terminou     A crise financeira global que estourou em 2008 vai entrar por 2009, apesar de o presidente Lula ter dito que, se lá fora ela era tsunami, aqui (no Brasil) não passaria de uma marolinha. ...

Publicado em por Miranda Sá | Deixe um comentário

Ano novo, língua nova   O trema caiu! Acentos sumiram! É com ou sem hífen? O Estado de Minas, que adota a nova reforma ortográfica a partir de amanhã, traz um guia para você ficar por dentro de todas as mudanças que ...

Publicado em por Miranda Sá | Deixe um comentário

Israel ignora pressões do mundo e descarta trégua     Pressionado pelo alto escalão do Exército de Israel e pela comunidade internacional, o premier israelense, Ehud Olmert, rejeitou ontem a possibilidade de uma trégua imedita com o grupo radical palestino Hamas e manteve ...

Publicado em por Miranda Sá | Deixe um comentário

FOLHA DE SÃO PAULO – Bovespa tem pior ano desde 1972; dólar se valoriza 31% em 2008 O GLOBO – Bolsa tem o pior resultado em 36 anos JORNAL DO COMMERCIO – Renan deve comandar o PMDB no Senado ZERO HORA – Nasce ...

Publicado em por Miranda Sá | Deixe um comentário